was successfully added to your cart.

Carrinho

Curiosidades: Giranda Mundi. O cartão postal de Hopi Hari

Giranda Mundi

Essa matéria faz parte da nossa seção de curiosidades sobre as atrações do Hopi Hari.

Veja também:

Ficha Técnica

  • Altura: 44 metros
  • Capacidade168 visitantes/ciclo
  • Ano de inauguração: 1993
  • Fabricante: Nauta Bussink
  • Altura mínima para brincar na atração: A partir de 1,20m
  • Localização: Região de Kaminda Mundi — Hopi Hari — Vinhedo — São Paulo

O visual

O Hopi Hari foi projetado minuciosamente, de tal forma que até o relevo do terreno foi mantido para que a região de Kaminda Mundi ficasse no ponto mais alto e fosse descendo a cada região.

Antiga Giranda Mundi

Foto por Fábio Raphael

Isso permitiu que o posicionamento de cada atração do parque fosse escolhido de uma forma que se você olhar das regiões mais baixas, principalmente da região de Mistieri, você tem uma paisagem única. Os brinquedos do parque parecem estar intercalados e a Giranda Mundi está no ponto mais alto, fazendo com que ela seja a estrela do parque. Apesar de não ser a atração mais alta, o seu posicionamento causa essa impressão.

Alto da Giranda Mundi

O local em que ela foi colocada, nos permite ter uma visão completa de todo o parque e da Mata Atlântica quando a Giranda atinge o seu ponto mais alto.

Tematização

Seguindo a tematização da região de Kaminda Mundi, a arquitetura da entrada da Giranda Mundi é inspirada na arquitetura europeia, mais especificamente da arquitetura alemã. Porém a roda gigante em si foi fabricada por uma empresa holandesa.

Entrada da Giranda Mundi

Foto por Parques Por Aí

Lógica de Embarque

Sequência de embarque da Giranda Mundi

A Giranda Mundi funciona com 4 motores que trabalham juntos e são responsáveis pelo seu mecanismo de rotação e frenagem. Imagine que o embarque na Giranda Mundi fosse feito de forma seguida (sem a sequência lógica existente), isso ocasionaria um excesso de peso em um dos lados, afetando assim, seu equilíbrio. Para que isso não ocorra, foi elaborada uma sequência lógica de embarque e desembarque que garante o bom funcionamento do equipamento e, principalmente, sua segurança!

História

A Giranda Mundi nasceu para ser uma estrela. Em 1999 os artistas mais famosos da televisão brasileira foram convidados para a pré inauguração do parque: Angélica, Eliana, Xuxa e muitos outros passaram pela atração.

Famosos na inauguração do Hopi Hari

Famosos na inauguração do Hopi Hari. Foto por Mulpix

Originalmente a Giranda Mundi foi adquirida pelo Playcenter em 1993 como comemoração aos seus 20 anos. Naquela época, a atração era uma estrela, mas com o nome de Gigantona. Ela foi instalada na entrada do parque e se tornou o cartão de visitas do extinto Playcenter.

Gigantona no Playcenter

Foto por Folha de S. Paulo

Sua altura permitia que ela fosse vista de vários pontos da cidade, considerada a maior roda gigante da América Latina na época. Sua iluminação era composta por 25.000 lâmpadas, encantando toda a cidade durante a noite. 

E foi lá que um dos maiores ícones do pop visitou nossa querida Giranda Mundi/Gigantona. No dia 13 de Outubro de 1993, às 20 horas, o Playcenter recebia o rei do pop, Michael Jackson que faria um show da sua turnê “Dangerous Tour” nos dias 15 e 17 no estádio do Morumbi. O cantor fechou o parque por duas horas e meia e brincou em várias atrações, inclusive na Roda Gigante.

Como o Playcenter estava fazendo muito sucesso com o parque fixo e suas Playlands espalhadas pelo país, em 1996 eles iniciaram a construção de um novo parque: o Playcenter Great’s Adventure. Em meados de 1997, a Gigantona foi removida do parque para ser reerguida como uma das principais atrações do seu novo projeto. Porém, devido a vários problemas, o Playcenter acabou vendendo o projeto que hoje é conhecido por todos como Hopi Hari.

 

Construção da Giranda Mundi

Foto por Fábio Ferreira Silva

A Giranda Mundi possui este nome por ser uma homenagem a todos os colonizadores da região de Kaminda Mundi.

Giranda Mundi

Por muitos anos a Giranda Mundi foi literalmente o sol que iluminava as noites do Hopi Hari, já que antigamente havia um sol em seu centro com várias lâmpadas. Devido ao seu tamanho e posicionamento, ela era destaque de qualquer ponto do parque e também da Rodovia dos Bandeirantes.

Giranda Mundi a noite

Foto por Geraldo Stefano

Devido à crise financeira do Hopi Hari, o parque acabou cedendo o espaço das cabines da Roda Gigantes que antes tinham os tradicionais adesivos das bandeiras dos países para eventuais patrocinadores, primeiramente a Dr. Oetker e por último a Pepsi, o que já fez com que a atração perdesse uma parte do seu charme.

Foto por Hopi Hari Mania

Em 2012 após perder o patrocínio com a Pepsi, a Giranda Mundi finalmente estava passando por uma reforma. Todas as suas lâmpadas foram tiradas, ela estava sendo pintada, inclusive suas cabines foram retiradas para passarem por reformas e seu eixo central foi trocado. Porém, infelizmente sua reforma foi abandonada.

Reforma Giranda Mundi

Apesar da atração ter aberto novamente, sua reforma ficou incompleta. Não só deixaram de colocar sua iluminação, o sol no seu centro e os adesivos nas cabines, como a ficou pintura inacabada. Em um de seus suportes é possível notar dois tons de azul diferentes.

Giranda Mundi sem o sol

Como parte do processo de revitalização de todo o Hopi Hari com a nova gestão, as cabines foram coloridas com as quatro cores da bandeira do parque e a atração ganhou um canhão de luz durante a noite, trazendo novos ares para Kaminda Mundi. O Hopi Hari reabre neste sábado (05 de agosto) e você pode matar as saudades da Giranda Mundi!

Nova Giranda Mundi

Foto por Victória Xavier

Veja também as curiosidades do rio mais refrescante de Hopi Hari!

Fontes:

Hopi Hari Mania, Playcenter, Facebook.

Texto escrito por Thiago Pastore

Giovanni Castellani

About Giovanni Castellani