was successfully added to your cart.

Carrinho

Natal Mágiko no Hopi Hari

No último domingo, dia 17, fomos ao Hopi Hari conferir o Natal Mágiko, evento natalino que segue até o dia 30 de dezembro. Desde a reabertura, nós havíamos visitado o parque somente duas vezes: no dia da reabertura e no dia 10 de setembro, em nosso Enkontrí. Nas duas visitas, foi nítida a evolução desde a reabertura e nessa última visita, não foi diferente.

Chegamos ao parque por volta das 10h30 com um público bem tranquilo aguardando a abertura dos portões. A revista está muito mais rápida do que as duas últimas visitas, e a fila de espera para entrar no Imigradero era mínima.

Entrada do Hopi Hari

É perceptível a melhoria na organização das grades no Imigradero, deixando o espaço livre para circulação e sem uma fila única de espera. A validação dos ingressos e a entrega das pulseiras ocorre nos portões de acesso ao parque.

Imigradero do Hopi Hari

Fila única à esquerda que acabava ocupando espaço no Imigradero. Foto por Muller Fábio.

A nova pintura, repleta de cores vivas, chama muito a atenção dos visitantes que já realizam fotos desde a entrada. Como no dia estava MUITO sol, a pintura ficou ainda mais viva.

Imigradero do Hopi Hari

A pintura do chão nas regiões do parque era um dos aspectos de conservação que precisava de atenção. As construções da entrada estavam revitalizadas, mas o chão estava com uma cor totalmente desbotada. Felizmente, desde setembro, a revitalização do chão de todo o parque foi iniciada e dá um aspecto de cuidado nos detalhes.

Antes do horário de abertura, alguns personagens do Natal Mágiko e Habitáris do parque interagiam com o público na fila do Imigradero. Às 11 horas, os portões do Imigradero foram abertos e o público, em quase sua totalidade composto por famílias, foram recepcionados pelos personagens do evento.

Natal no Hopi Hari

É muito satisfatório para nós, amantes de parques, ver que o Hopi Hari tem se preocupado com cada detalhe da experiência do visitantes desde o início das operações. A recepção dos personagens ajuda na imersão para o evento além de proporcionar uma recepção mágica para os visitantes.

Natal no Hopi Hari

Desde biscoitinhos até personagens com perna de pau recepcionam os visitantes

Outra atração que causa total impacto na entrada é a banda Rock a La Funk. A caminhada na rua de Kaminda Mundi com música boa e ao vivo faz você se sentir em outro local, faz com que o parque esteja vivo!

Banda Rock a La Funk

A banda possui diversas participações ao longo do dia

Todo o piso da região de Kaminda Mundi também foi revitalizado. As construções já estavam pintadas no período da reinauguração, mas com o Natal Mágiko, a região ficou ainda mais charmosa.

Natal no Hopi Hari

Bem que esse cordão de luzes poderia ser fixo na região…

Seguimos para Wild West com a vontade insana de rever o Evolution, atração que estava parada desde setembro desde 2015 e retornou em setembro desse ano. Ao descer para a região, SUPRESA! O laço do cowboy já estava rodando pelo céu do velho oeste.

Evolution no Hopi Hari

Outro ponto positivo é que grande parte das atrações funcionam desde o horário de abertura até 19h30 ou 19h45, dando tempo suficiente para curtir tudo que desejar. Apenas a montanha-russa Katapul. Katakumb e La Mina del Joe Sacramento tiveram horários de funcionamento diferenciados.

A mini área de descanso em Wild West teve a adição de alguns elementos cenográficos desde a nossa última visita. Lembram da atenção aos detalhes? Então, vimos diversas situações do tipo ao longo do dia.

Wild West no Hopi Hari

Algumas pinturas nas cercas da região já foram feitas e todo o chão da área do Evolution recebeu uma nova cor. A atração está totalmente nova, desde o seu pórtico de entrada!

Evolution no Hopi Hari

O laço do cowboy!

A parte de trás do Saloon também ganhou uma nova cor. Toda a fila, cabine de comando e jardinagem estavam com a conservação impecável.

Evolution no Hopi Hari

A equipe de operação é o grande destaque do Evolution. Com baixas filas durante todo o dia, os operadores animavam quem estava na atração com músicas como “pião da casa própria” e músicas eletrônicas que grande parte dos visitantes havia pedido, só que com elementos característicos de velho oeste. Ao entardecer era possível avistar os efeitos de iluminação, mais completos que nunca.

Evolution no Hopi Hari

Com um calor de 33º C, nos dirigimos para as atrações aquáticas! O Rio Bravo conta com mais botes do que as outras visitas. Por não existir fila, o embarque estava sendo em grupos, ou seja, tinham botes com casais, trios e grupos de amigo. Não era necessário ter a capacidade máxima de 9 pessoas por bote para a atração operar.

Rio Bravo do Hopi Hari

A atração teve público durante o dia todo

Na parte baixa de Wild West, era possível aproveitar o Spleshi em dose dupla sem sair do barco. Dependendo da quantidade de jatos ligados no Rio Bravo, o Spleshi consegue ser a opção mais refrescante da área.

Spleshi do hopi Hari

Seguindo para Misteri, grande parte das fontes do parque estavam ligadas dando outra cara para as regiões. Todo o cuidado com a conservação de cada região faz com que a experiência do visitante seja mais emersiva. Mesmo que ele não repare nas pinturas, jatos e detalhes, o subconsciente detecta isso e aprimora a experiência.

Fonte do Simulákron

O Hopi Hari está vivo!

A Vurang, clássica montanha-russa do escuro, estava com uma pequena fila. Esse era o momento de usar um dos benefícios do nosso Anuali Moturi: o Vip Pass, famoso fura fila!

O Anuali Moturi tem como benefícios: estacionamento e guardadero grátis, 20% de desconto em mercadorias das lojas, 25% de desconto no passaporte do acompanhante, e 5 vip pass para você e o acompanhante. Você pode adquirir o seu Anuali na loja online do parque.

A entrada para o Vip Pass na Vurang é localizada ao lado da loja de saída. Ao usar o Vip Pass, ficamos poucos segundos na fila e já era hora de embarcar!

Vurang no Hopi Hari

Um dos visuais mais incríveis!

A loja de saída da atração tornou-se mais um ponto de recarga da Hopi Plaka, a moeda de consumo do Hopi Hari. Além deste ponto de recarga, há a loja do Rio Bravo e a Casa de Câmbio. Não houveram filas nos pontos durante todo o dia.

Em todas as áreas do parque foi adicionado um banner com toda a programação do Natal Mágiko, que ocorre até o dia 30 de dezembro. Para quem visitou o parque na reabertura, é notório o aumento na programação de shows e espetáculos durante o dia, tornando a visita completa.

Natal Mágiko Hopi Hari

Programação di Natal

A alimentação do parque melhorou muito! Fomos comprar os nossos lanches no Hango Monstro, localizado em Infantasia. Além do atendimento e tempo de preparo dos lanches estar mais ágil, a máquina de cartão em todas as lanchonetes do parque agora é fornecida pela Stone, marca que também trabalha com o Parque da Mônica e é reconhecida no meio.

Novas opções foram adicionadas ao cardápio como a adição de batata com cheddar e bacon por apenas mais R$ 4,00. Nós experimentamos e é deliciosa!

Natal Mágiko Hopi Hari

Era hora de correr para o Saloon e matar as saudades do Forasteiro, show que retornou para as comemorações do Celebration Party e permanece em cartaz durante o Natal Mágiko.

É indescritível a sensação que O Forasteiro trás para o Saloon e para o Hopi Hari. No horário do show, todo o restaurante ficou lotado! Para quem quiser almoçar no Saloon Show, e nós recomendamos, o prato com arroz, batata rústica, uma enorme chuleta e refrigerante custa em torno de R$ 40,00.

Após o show visitamos o West River Hotel. A atração começou a receber uma atenção especial, com novas luzes em sua fila e um efeito de susto (MESMO!) em um de seus cenários. Tem que visitar para conferir!

Subindo para Kaminda Mundi, os personagens do Natal Mágiko estavam tirando fotos e interagindo com os visitantes em diversos horários do dia.

Natal Mágiko do Hopi Hari

A Katapul já estava prestes a iniciar a sua operação e corremos para Aribabiba! A região recebeu grande atenção nos últimos tempos e está com todo o piso e grades da região repintados.

Liga da Justiça no Hopi Hari

A rua final da região ainda continua fechada mas está totalmente renovada para a reabertura do Eléktron, que deverá acontecer ainda nesse ano.

Eléktron no Hopi Hari

Ao som da buzina, cabeça no encosto! A Katapul é uma montanha-russa de impulso que alcança até 40 metros de altura, realizando dois looping em seu percurso. Durante as duas vezes que fomos na Katapul, a atração não apresentou paradas técnicas.

via GIPHY

Ainda na região de Aribabiba, conseguimos aproveitar a Bat Hatari e o Trukes di Pinguim, tradicional chapéu mexicano.

Lago do Hopi Hari

Ah, que saudades dessa vista linda!

Gabaritamos todas as atrações de terror do parque em seguida. Visitamos o Katakumb, que operou das 13h às 16h. Vale ressaltar o pré-show incrível que está sendo apresentado, o clima de perseguição nos corredores e a quantidade de pessoas por ciclo, tornando a experiência mais assustadora.

La Mina Del Joe Sacramento, em Wild West, foi uma grande surpresa! Não visitávamos a atração desde junho de 2015 e o operador que nos acompanhou em todo o percurso era SINISTRO. Cada palavra de seu texto era colocada com muito cuidado e em alguns momentos fomos pegos de surpresa pelos seus ataques.

A Montezum, montanha-russa de madeira, não apresentou filas no período da tarde. Repetimos ela duas vezes, uma no meio do trem e outra no primeiro carrinho, sem grandes tremedeiras e de modo que fosse possível repetir a atração sem causar grandes desconfortos. Para quem quiser levar de lembrança para casa, a foto onride da atração retornou. Uma foto por R$ 15,00 e duas fotos por R$ 20,00.

Montezum no Hopi Hari

Enquanto aguardávamos a Parada do Natal Mágiko na Rua de Kaminda, fomos matar as saudades (e a vontade!) da Taça Maluka, vendida na Place de la Glace. A sobremesa custa R$ 34,90 e é composto por 5 bolas de sorvete enormes, dois churros de doce de leite, coberturas, paçocas e pequenos pedaços de chocolate. Serve tranquilamente 3 pessoas!

Taça Maluka no Hopi Hari

O grande sucesso da Place de la Glace retornou!

E, precisamos conversar seriamente sobre a Parada: QUE LINDO! Nós visitamos o Natal em 2015 e a evolução no show noturno e na decoração da rua principal é de encher o coração de emoção.

Natal no Hopi Hari

O show ocorre às 20h, com a duração de 15 minutos e conta a história de um senhor que não acredita mais na magia do natal, até que as criaturas mágicas resolvem relembrar dos tempos em que ele era feliz. Toda a história é ambientada numa vila, com personagens natalinos e moradores da vila.

Natal no Hopi Hari

Durante o show, há uma música inédita e cantada ao vivo junto do acendimento da segunda maior árvore de natal do Brasil com quase 90 mil lâmpadas!

Natal no Hopi Hari

A segunda maior árvore de natal do país

É delicioso encerrar o dia no país mais divertido do mundo com diversas famílias dançando e satisfeitas com o dia no parque. O tum tum bate forte de saudades ao subir a escada do Imigradero, mas a vontade de se programar para retornar é maior ainda!

Que o Hopi Hari tenha um 2018 incrível, repleto de novidades e encantamento!

Giovanni Castellani

About Giovanni Castellani