was successfully added to your cart.

Carrinho

Parque aquático no frio: Vale a pena ir?

Há algumas semanas estivemos no parque aquático Wet’n Wild, localizado em Itupeva, para conferir o início da temporada de água aquecida. Mas com todo esse frio das últimas semanas, vale a pena visitar um parque aquático?

Bem-vindo ao Wet'n Wild

Chegamos no parque logo no horário de abertura. Foi o tempo de passar pelo vestiário, guardar nossas bolsas e as atrações já estavam liberadas. Mas antes de curtir, garantimos a nossa pulseira de consumo Wet Money, a grande novidade do Wet’n Wild.

Wet Money

Então começamos a curtir o nosso dia! Nos toboáguas de boias compartilhadas Bubba Tub e Surge, não dá pra disfarçar. O vento e a água fria não são uma combinação muito boa. Mas pera, a água não é aquecida? Calma, chegaremos lá!

Bubba Tub e Surge

Depois de algumas horas de parque aberto é notória a diferença na temperatura da água. Ao enfrentar o Water Bomb, toboágua de impulso que causa grande impacto ao chegar na água, já fica tudo mais confortável. Em seguida aproveitamos o R4lly, Kamikaze e Twister, tudo sem fila!Essa é uma das vantagens nessa época: o parque é sempre tranquilo e fila é algo raro de se ver.

Bubba Tub e Surge

Lazy River

O Vortex e Crazy Drop, nossas atrações preferidas, eram as únicas com uma pequena fila, mas com duração de pouquíssimos minutos. No Crazy Drop, era impossível não reparar o quanto ele estava lindo com suas cores mais nítidas. A atração passou por uma reforma recentemente, e agora é a vez do Space Bowl, que estava fechado no dia de nossa visita. Essa é uma das desvantagens: os parques costumam utilizar a baixa temporada para reparos e reformas em suas atrações.

Vortex

Crazy Drop

Sobre a água do parque: SIM, ela realmente é aquecida. Mas não espere algo parecido com piscinas de centros esportivos ou clubes fechados. O aquecimento da água é o suficiente para não deixar ela totalmente gelada. É algo mais próximo de fria/morna, mas já é mais confortável, em vista que quase todos os dias no Wet são bem ensolarados. Isso tudo, é claro, com exceção da Ilha Misteriosa do Cascão, onde a água permanece realmente quentinha!

Ilha Misteriosa do Cascão

Falando na Ilha do Cascão, como não voltar a ser criança naquela área? Os adultos dividem as filas com as crianças dos divertidos toboáguas, com destaque ao toboágua verde, que é totalmente no escuro. Isso tudo, além de disputar espaço para tomar um verdadeiro banho do grande balde no topo da estrutura, que vira em momentos inesperados e pega muita gente no susto!

Ilha Misteriosa do Cascão no toboágua verde

Não podemos deixar de citar o quanto o calor ao mesmo tempo em que faz falta, também não faz! O chão do parque não esquenta, subir e descer escadas se torna menos cansativo, e tomar um solzinho se torna ainda mais confortável e menos doloroso. Muita gente aproveitou para tomar aquele banho de sol, mas não se deixe enganar: protetor solar é essencial mesmo nessa época!

Sol no Wet'n Wild

Sol no Wet'n Wild

Fique atento com relação ao funcionamento das atrações, pois além da possibilidade de alguma estar fechada para reformas, em determinados dias ocorre o rodízio de atrações, com algumas atrações funcionando em horários alternados. Para nossa sorte, no dia não houve este revezamento, mas essas informações estão disponíveis no site e na entrada do parque.

 

Vale a pena visitar um parque aquático em temporadas mais frias?

Nossa opinião: primeiramente, informe-se à respeito da água, se existe sistema de aquecimento ou se a água é naturalmente aquecida. Isso vai diferenciar muito uma visita divertida de uma visita desconfortável. No caso do Wet’n Wild compensa muito! Além das filas estarem menores, a água está em uma situação mais confortável e os preços costumam ser mais em conta.

 

Confira o vídeo de nossa visita:

 

Aproveite e adquira 4 ingressos para visitar o parque em maio por R$ 200,00 na loja online e retorne em julho por mais R$ 25,00

Noites Macabras

Noites Macabras no Wet'n Wild

Ah, Não se esqueça! Dia 28 de julho tem início a terceira edição das Noites Macabras. Se voltaremos? Com toda certeza!

Matheus Rocha Pimenta

About Matheus Rocha Pimenta